Agente penitenciário pré-candidato defende ‘porte de armas’ e fim de privilégios políticos

0
5821

O agente penitenciário Francisco Marinho da Nóbrega Júnior é um dos profissionais de segurança pública da Paraíba que pretendem entrar na disputa do pleito eleitoral 2018. Ele é pré-candidato a deputado federal pelo Patriotas (51).

Marinho Júnior é também pastor evangélico e defende uma “sociedade conservadora que tenha como base a democracia-Cristã”, mostrando-se contrário a propostas como legalização do aborto e do uso de drogas.

Na opinião do agente, o Brasil precisa aprovar a flexibilização do porte de armas para a população. “Todo cidadão de bem tem o direito de se defender. Sou a favor do fim imediato do estatuto do desarmamento”, declarou. A redução da maioridade penal e a castração química para estupradores também são sugestões defendidas pelo pré-candidato.

“É preciso ainda combater a corrupção aos políticos e juízes; acabar com o Quinto Constitucional. Ministros, desembargadores e conselheiros dos tribunais só deveriam assumir esses postos por meio de concurso público”, defende Marinho Júnior.