Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017

Publicidade

ASPOL

Publicada em 20/04/2016 | Autor: QAP

O ‘tino policial’ e a condenação de dupla que matou PM na Paraíba
O ‘tino policial’ e a condenação de dupla que matou PM na Paraíba

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve nessa terça-feira, 19 de abril, a condenação dos assassinos que mataram o policial militar Ozimar de Oliveira, durante uma tentativa de assalto a uma imobiliária em João Pessoa. O crime aconteceu no dia 15 de agosto de 2013.

Os condenados são Josimar Guilherme da Silva, Gilberson Souto da Silva e Fernando Henrique de Araújo. De acordo com as investigações, Josimar ficou dentro do carro aguardando os dois comparsas concretizarem o crime.

Ao anunciar o assalto, Gilberson e Fernando foram surpreendidos por Ozimar, que trabalhava como segurança no estabelecimento. Gilberson, então, efetuou três disparos contra o policial, que não resistiu.

A Justiça manteve a sentença de 22 anos de reclusão para Gilberson; 21 anos de reclusão para Fernando; e 4 anos e 9 meses de reclusão para Josimar.

O ‘TINO’ INVESTIGATIVO

Após matarem o PM, os assassinos fugiram sem levar nada e abandonaram o carro na mata do Cuiá. Josimar foi até a Central de Polícia Civil, para registrar uma queixa de roubo de seu veículo.

Enquanto ouvia o depoimento, o investigador que atendeu Josimar começou a desconfiar da ‘história’ contada pela suposta vítima. O policial, que já tinha conhecimento da tentativa de assalto que acabara na morte do PM, fez um rápido cruzamento de informações e constatou a farsa de Josimar.

De imediato, o policial deu voz de prisão ao motorista do trio de assaltantes. A partir daí, a polícia chegou aos outros dois acusados.

Raciocínio rápido que foi fundamental para o desfecho positivo dessa história.  




Leia Também

  1. CAMPINA: O ‘golaço’ de um projeto que pode ajudar a com...
  2. Acusado de provocar morte de namorada em Campina Grande vai ...
  3. VEJA OS NÚMEROS: Mais da metade dos suspeitos presos são ...

Publicidade

Borda Comunicação