Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017

Publicidade

ASSORAC

Publicada em 23/11/2015 | Autor: QAP

Alagoas: ‘Delegacia Móvel de Homicídios’ e 500 assassinatos a menos
Alagoas: ‘Delegacia Móvel de Homicídios’ e 500 assassinatos a menos

O estado de Alagoas resolveu inovar nas investigações preliminares de crimes de homicídio. Na última quinta-feira, 19 de novembro, a Polícia Civil alagoana recebeu sua primeira Delegacia Móvel de Homicídios, através de um convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

O objetivo é acelerar os procedimentos no local de crime, além de dar suporte em operações policiais diversas. Sem contar, claro, com o efeito ‘psicológico’ que o veículo causa em marcar presença na comunidade. Outras 24 viaturas já estão em processo de aquisição.

DESVANTAGEM

Apesar de ter sua serventia, a Delegacia Móvel pode não trazer resultados positivos em um aspecto: o medo. Hoje, poucas pessoas vão por conta própria a uma delegacia – mesmo sendo longe de casa –, para dar qualquer informação. Imagine se o fariam ao lado do corpo estendido no chão, sob os olhares atentos de comparsas dos assassinos...

“ATERRISSAGEM”

Se a Delegacia Móvel vai funcionar ou não só o tempo dirá. Mas durante a solenidade, o secretário de Segurança do estado, Alfredo Gaspar, anunciou um dado ‘cobiçado’ por todos os estados que não conseguem frear os elevados índices de homicídios. “Este ano, pelo menos 500 famílias deixaram de chorar a morte de seus filhos, por conta da redução de homicídios”, declarou.

Para se ter uma ideia da dimensão desse número, é como se a cidade de Campina Grande (PB), por exemplo, passasse três anos sem registrar um único homicídio na cidade.

O que Alagoas estaria fazendo para conseguir uma redução tão significativa no número de assassinatos?... 




Leia Também

  1. PC-MG: Delegados e investigadores se unem e ameaçam entrar ...
  2. PE: Polícia Civil prende terceiro suspeito de matar radiali...
  3. Mais de 30% do efeito da PC-MG foram afastados da função p...

Publicidade

Borda Comunicação